Home > Blog > Arruda Bastos: Baturité e o sonho de uma nova cidade

Arruda Bastos: Baturité e o sonho de uma nova cidade

Falar de sonhos é a forma mais inspiradora de iniciar o meu artigo de hoje. Ele é o preâmbulo de uma obra literária que, de forma periódica, vai contar em capítulos, nos próximos anos, a saga do nosso município. Para isso, utilizo a letra da música “Prelúdio” de Raul Seixas para expressar, nesse início de 2017, o espirito que envolve todos nós. O poeta escreveu: sonho que se sonha só é só um sonho que se sonha só; mas sonho que se sonha junto é realidade. É o que almejamos para o nosso município um sonho bom de progresso e justiça social.

Para quem não acompanha a vida da minha terra e até para entender um pouco melhor este artigo, recomendo a leitura dos meus textos Baturité e sua tradição de bons gestores, Por um Baturité que a gente quer, Ontem eu tive um sonho, que se encontram disponíveis no meu Portal na internet no endereço www.portaarrudabastos.com.br. São informações iniciais que, de forma concisa, mostram a situação do município na atual conjuntura e abordam os motivos do meu apoio a esse projeto de transformação comandado por Assis Arruda e Ivo Junior.

No dia 1º de janeiro, aconteceu na Câmara Municipal de Baturité a posse do nosso Prefeito, do Vice e dos 13 vereadores do município. Fui testemunha ocular desta história e fiquei animado com o clima e com a fala dos empossados. O Prefeito, em particular, abordou, no seu discurso, as dificuldades de fazer a gestão de um município com grande descontinuidade administrativa e com escassos recursos financeiros. Ao citar a saúde e a educação como prioridades, acendeu em mim uma chama de otimismo de que avançaremos bastante nestas duas áreas prioritárias.

Durante a solenidade, por instantes, transportei-me ao passado vislumbrando os familiares que de forma exemplar comandaram a gestão municipal da cidade. Lembrei do meu querido tio e padrinho, Olintho Arruda, pai do nosso Prefeito e meu incentivador político, cidadão honrado e vocacionado na missão de ajudar os mais pobres, daí o título de “Prefeito dos pobres”. Recordei também do Capitão Miguel Edgy Arruda, outro gestor que revolucionou no seu tempo a gestão municipal, sendo exemplo para o Ceará e inspiração de vida para mim, que sempre tive a satisfação de ser seu sobrinho.

Antes de retornar à dura realidade dos dias atuais, visualizei a imagem do Comendador Ananias Arruda, o maior benemérito de Baturité e do Maciço. A sua gestão é lembrada por todos e é reconhecida pela história da cidade como inigualável, com obras que até hoje são inquestionáveis. Um visionário para o seu tempo e um exemplo a ser seguido por todas as gerações. Querido tio que me inspirou ainda quando criança e que como jovem médico tive a honra de tratar, juntamente com outros familiares, nos seus últimos anos.

Não vai ser fácil reconstruir uma cidade na sua estrutura, nos seus serviços, na saúde, na educação e, principalmente, na sua autoestima. Será necessário muita união, desprendimento e confiança na equipe que foi formada pelo Prefeito. A Câmara Municipal terá um papel fundamental no apoio às propostas de modernização e ajustes em todos os setores e especialmente nas finanças municipais. Os partidos e lideranças que, como eu, avalizaram esse projeto também devem se engajar no apoio às medidas tomadas e, sempre que necessário, devem estar prontos para colaborar.

O nosso povo, para o qual se reverte todo o esforço de gestão, tem um papel fundamental de fiscalizar, acompanhar e incentivar as propostas apresentadas, sempre lembrando das condições precárias que encontramos o município no início desta gestão. Como Helen Adams Keller (1880 – 1968), que foi uma escritora e ativista social norte-americana cega e surda disse “o otimismo é a fé em ação. Nada se pode levar a efeito sem otimismo”. Eu estou otimista!

O teólogo, filósofo, médico e músico alemão Albert Schweitzer (1875-1965), ganhador do Prêmio Nobel da Paz de 1952 escreveu: “Dar o exemplo não é a melhor maneira de influenciar os outros. É a única”. Com este pensamento, não tenho dúvidas de que com os exemplos dos nossos antepassados e as qualidades natas do competente Prefeito, o sonho de uma nova cidade está próximo.

Para concluir esse meu primeiro artigo da saga do nosso município, transcrevo de autor desconhecido: “Meta, a gente busca. Caminho, a gente acha. Desafio a gente enfrenta. Vida, a gente inventa. Saudade, a gente mata. Sonho, a gente realiza”. E é assim e com a graça de Deus que vamos realizar o sonho de uma nova cidade.

*Arruda Bastos é médico, professor universitário, especialista em gestão em saúde e saúde pública, escritor, radialista, ex-Secretário de Saúde do Estado do Ceará e um otimista com a nova gestão de minha querida Baturité.

pab

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *