Home > Blog > A escrita certa de Deus em linhas tortas. Por Arruda Bastos

A escrita certa de Deus em linhas tortas. Por Arruda Bastos

Há um provérbio popular que afirma “Deus escreve certo por linhas tortas”. Na minha opinião, esta é a conclusão de quem olha para os acontecimentos de forma superficial. Porém, se a visão for voltada para o resultado final, com certeza iremos dizer que “Deus escreve certo por linhas certas”. Senão vejamos:

Em muitas ocasiões da nossa vida, não entendemos bem o provérbio e, dependendo da gravidade do fato, não aceitamos de imediato e até nos perguntamos se merecemos esse ou aquele acontecimento, sentimo-nos injustiçados e por vezes questionamos a nossa fé em Deus.

O materialismo e o imediatismo do nosso mundo moderno são, muitas vezes, responsáveis por essa atitude. A ânsia de subirmos na vida, de galgarmos um cargo importante, um emprego ou uma posição social; a falta dessa realização, muitas vezes sonhada, pode provocar uma atitude de inconformismo ou irresignação.

Em outras oportunidades, o que acontece é o abrupto surgimento de dificuldades graves na área da saúde. Um diagnóstico de uma doença em um familiar ou no próprio indivíduo. Não entendemos como isso é possível de acontecer com uma pessoa de atitudes e postura corretas. Muitos se sentem abandonados.

Existem outros momentos difíceis da vida nos quais o desânimo e a desistência de viver parece ser a melhor solução. No entanto, nestas circunstâncias devemos compreender que “Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças” – Coríntios 10.13.

Não devemos nos fixar nas derrotas. Enquanto há vida, há esperança. Não podemos permitir que as situações de dificuldades se perpetuem. Devemos buscar forças e ouvir o Senhor a dizer: “Porque eu, o SENHOR teu Deus, te tomo pela tua mão direita e te digo: Não temas, que eu te ajudo” – Isaías 41.13

Poderia citar uma infinidade de acontecimentos e situações em que questionamos a proteção de Deus. Na canção interpretada pelo padre Antônio Maria, Pegadas na Areia, a letra toca profundamente a nossa alma e serve de resumo para o meu artigo. Observamos que, em momentos de maior dificuldade, a presença de Jesus é ainda mais forte. Ele toma as rédeas da solução dos nossos problemas.

É essa mensagem que quero transmitir a todos que passam por atribulações, dificuldades na sua vida e que em algum momento não entendem como vão sair dela. Digo que tenham fé, continuem rezando com a confiança de que tudo vai dar certo. Deus está, sem dúvida, escrevendo certo e encaminhando uma solução.  Ele escreve sempre certo, embora nem sempre ao nosso alcance.

Para concluir, transcrevo o famoso poema “Pegadas na Areia”, de autoria da canadense Margaret Fishback Powers:

“Uma noite eu tive um sonho.

Sonhei que estava andando na praia com o Senhor e, através do céu, passavam-se cenas da minha vida.

Para cada cena que se passava, percebi que eram deixados dois pares de pegadas na areia; um era meu e o outro, do Senhor.

Quando a última cena da minha vida passou diante de nós, olhei para trás, para as pegadas na areia, e notei que muitas vezes, no caminho da minha vida, havia apenas um par de pegadas na areia.

Notei também que isso aconteceu nos momentos mais difíceis e angustiosos do meu viver.

Isso entristeceu-me deveras, e perguntei, então, ao Senhor: “Senhor, Tu disseste-me que, uma vez que eu resolvera te seguir, tu andarias sempre comigo em todo o caminho, mais notei que, durante as maiores tribulações do meu viver, havia na areia dos caminhos da vida apenas um par de pegadas. Não compreendo porque, nas horas em que mais necessitava de ti, Tu me deixaste”.

O Senhor respondeu-me:

“Meu precioso filho. Eu amo-te e jamais te deixaria nas horas da tua prova e do teu sofrimento: Quando viste na areia apenas um par de pegadas, foi exatamente aí que Eu te carreguei nos braços”.  Deus é fiel!

*Arruda Bastos é médico, professor universitário, escritor, radialista, ex-Secretário da Saúde do Ceará, um dos coordenadores do Movimento Médicos pela Democracia e um cristão convicto.

Arruda Bastos
Médico, professor universitário dos cursos de Medicina e Enfermagem, especialista em Gestão em Saúde e Saúde Pública, escritor, radialista, ex-Secretário da Saúde do Estado do Ceará e coordenador do Movimento Médicos pela Democracia.
http://www.portalarrudabastos.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *