Home > Colunistas > Alexandre Pereira e a Gestão do Turismo 2.0 – O Homem Público nas Redes Sociais

Alexandre Pereira e a Gestão do Turismo 2.0 – O Homem Público nas Redes Sociais

O secretário municipal (Fortaleza) de Turismo, o empresário Alexandre Pereira, inovou na sua atuação na gestão administrativa, pois a mesma é on-line ou seja acontece em tempo real. Alexandre Pereira publicita as suas ações como homem púbico nas redes sociais, conseguindo assim mostrar uma boa parte do processo de atração de recursos financeiros do Ministério do Turismo, para os projetos nessa área na capital cearense.

O modelo tradicional de atuação dos gestores públicos é o trabalho de bastidores, normalmente bem distante do olhar do cidadão-contribuinte, com prestação de contas apenas ao prefeito e aos Tribunais de Contas. O secretário de Turismo, Alexandre Pereira, faz o caminho inverso no quesito de diálogo, com a população fortalezense. Alexandre Pereira usando principalmente o Facebook, para expor a concepção de um projeto, com a participação de vários representantes da área privada e pública do turismo, para só depois de aperfeiçoado, apresentar o projeto finalizado aos órgãos competentes do Governo Federal.

O cidadão-contribuinte em sua grande maioria não acompanha ou tem interesse de fiscalizar as ações dos gestores públicos. O espaço público abstrato das redes sociais já começa a criar uma nova cultura de fiscalização nas contas das organizações governamentais. A maior inovação é o homem público que expõe as suas ações perante a opinião pública nas redes sociais. A simbiose dessas ações pode ser sentida na receptividade da aprovação da pasta ou da gestão.

A Prefeitura de Fortaleza e a Secretaria Municipal de Turismo ainda mantêm as suas páginas oficiais no universo da Internet. O secretário Alexandre Pereira aproveita as redes sociais para remodelar o diálogo, com o cidadão-contribuinte através da interação digital, vinte e quatro horas no ar. Alexandre Pereira demonstrou que na crise financeira na área pública do Turismo, o principal caminho é a Parceria Pública e Privada, com excelentes projetos de capitação de recursos financeiros no Ministério do Turismo.

Luiz Cláudio Ferreira Barbosa, sociólogo e consultor político

Fortaleza, 07 de Fevereiro de 2017

http://luizclaudioferreirabarbosa.blogspot.com.br/2017/02/alexandre-pereira-e-gestao-do-turismo.html

Luiz Cláudio Ferreira Barbosa
Sociólogo, escritor, consultor e analista político.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *