Home > Blog > Arruda Bastos: A pinguela, o homem da próstata e sua mula

Arruda Bastos: A pinguela, o homem da próstata e sua mula

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso em declaração profética há alguns meses disse que o governo de Temer não passava de uma “pinguela”. Ele comparou o governo golpista a essa ponte frágil e improvisada provavelmente por ter consciência de que ele não tem base legal e por ser formado de ministros nada recomendados. Declarou também que se esforçava para contribuir de alguma forma para que Temer consiga ir até o fim do seu mandato, em 2018.

Desde o início, o governo vem passando por graves denúncias e crises típicas de um ajuste de forças que tinha como único objetivo derrubar um governo legítimo para implantar outro voltado para o império da impunidade e, com isso, barrar as investigações de corrupção no meio de políticos e empresários. Os alvos são as operações da Polícia Federal e as ações da justiça, inclusive  a Lava Jato. A gravação feita por Sérgio Machado com o Senador Romero Jucá comprova essa tese.

A pinguela balança e, até agora, não ruiu devido ter como escoras parte da imprensa que é comprometida com as suas manobras, além do grande empresariado nacional e internacional que desejam, juntos, usufruir de um governo ilegítimo e se locupletar com uma leva de privatizações, com o pré-sal, com medidas contra os trabalhadores, com as reformas da previdência e trabalhistas, que só beneficiam os grandes tubarões do capitalismo.

Já falei muito da “pinguela”; chegou a hora de tratar de outro personagem que já é alvo de denúncias há muito tempo e que não deveria mais participar do governo. Eliseu Padilha está envolvido em uma série de falcatruas que vão desde grilagem de terras até articulação em recebimento de propinas. Pressionado pelo depoimento à Procuradoria-Geral da República de José Yunes, amigo de Temer, o Ministro da Casa Civil resolveu pedir licença de saúde para tratar da próstata. Deveria aproveitar e sair logo do governo.

O último elemento que falta no meu artigo para justificar o título é a “mula”. Aqui tenho que fazer uma digressão. A relação de décadas de Yunes, agora intitulado “mula de Padilha”, com Temer faz com que acreditemos que o Presidente sabia de tudo e que ele era o mentor das irregularidades agora denunciadas. Yunes nega ter operado dinheiro para o PMDB e afirma desconhecer o conteúdo do famoso pacote. Só mesmo achando que o nosso povo é como ele, uma mula, para acreditar nisso.

Voltando para a “pinguela”, acredito que finalmente agora, com o peso das denúncias, com a “mula”, com o homem da próstata, com o vampiro, com o rei da suruba, com o gato angorá, com outros bichos, com os delatados pela Odebrecht, com a pressão popular e com o despertar dos que estavam iludidos, essa ponte de araque possa ruir deixando florescer  novamente a nossa democracia.

Arruda Bastos é médico, professor universitário, ex-secretário da Saúde do Ceará, escritor, radialista, escritor e um dos coordenadores do Movimento Médicos pela Democracia.

Arruda Bastos
Médico, professor universitário dos cursos de Medicina e Enfermagem, especialista em Gestão em Saúde e Saúde Pública, escritor, radialista, ex-Secretário da Saúde do Estado do Ceará e coordenador do Movimento Médicos pela Democracia.
http://www.portalarrudabastos.com.br

One thought on “Arruda Bastos: A pinguela, o homem da próstata e sua mula

  1. Com a constante mudança de clima , a pinguela irá enfraquecer e adoecer.
    Desta forma irá inchar e inflamar, não haverá antibiótico poderoso para curá-la e assim vai nos livrará de um grupo que ao qual quer custo que acabar com a soberania brasileira.
    O próprio tempo se encarregará de mostrar a verdadeira falsa de um grupo que a duras penas para o país usurpou o poder legítimo e democrático.
    Mas não adianta, a verdade prevalecerá e com o apoio de quem realmente sente na pele essas mudanças , o povo elegerá novamente Lula para presidente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *