Home > Colunistas > Sérgio Cunha: A “mangueira” da vida

Sérgio Cunha: A “mangueira” da vida

Hoje tenho certeza que acontecem fatos em nossa existência que atrasam em proporções irreversíveis nossa qualidade de vida, que nos torna infelizes e nos coloca na rota depressiva.
Se pudéssemos adquirir uma grande “Mangueira” e colocássemos dez litros de água na primeira extremidade, representando todas as qualidades herdadas por nós ao nascer: O amor ao próximo, o respeito e a fraternidade, para exercermos um modelo de vivencia exemplar, fazendo uma ligeira comparação com nossa existência poderíamos, facilmente, identificar um dos grandes erros cometidos por nós: A crítica.
A crítica é uma das mais cruéis e corrosivas atitudes que homens podem fazer aos outros, ela humilha, diminui a autoestima e pode mudar completamente as atitudes de uma pessoa.
Para termos uma condução de vida correta seria necessário que no final da vida os mesmos dez litros de água colocados na primeira extremidade saíssem com muito mais quantidade na outra extremidade.
Mas, a vida a correr na extensão da grande mangueira o homem comete indelicadezas a seu semelhante, causando imensas fissuras nos relacionamentos entre os humanos.
Conheci um fazendeiro criador de cavalos manga larga que incumbiu seu motorista de transportar uma leva de dez cavalos para uma feira, durante a viagem o caminhão virou e morreram dois cavalos é claro que escaparam oito, o proprietário deveria estar grato por ter se salvado 80% da carga, sua reação foi criticar severamente o motorista que se encontrava, bastante, ferido. A crítica se tornou tão desastrosa para o profissional que adquiriu pavor em dirigir.
Os danos causados ao individuo criticado, criam traumas, inseguranças e partem relações entre pessoas, gerando todo tipo de inimizades; Na vida a mangueira desse fazendeiro teve uma rachadura e a água começou a vazar, prejudicando sensivelmente sua vida, pois a água não sairá integralmente na outra ponta, devido sua conduta.
Renunciar as críticas é abrir todos os caminhos para o sucesso e para a harmonia plena em todos setores da vida e nela receber todos os prêmios pelo o esforço de não permitir que sua mangueira seja rachada, vazando oportunidades de somente enaltecer os valores de todos os seres humanos.

Sérgio Cunha o Comentarista Simples e Objetivo

Sérgio Cunha
Radialista, escritor, membro da APCDEC (Associação da Crônica Esportiva do Estado do Ceará) e publicitário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *