Home > Blog > Arruda Bastos: Temer já era; agora é “Fora Maia”

Arruda Bastos: Temer já era; agora é “Fora Maia”

Fui buscar nos provérbios populares a inspiração para comentar o que em breve vai acontecer com o ilegítimo Temer. Pesquisando, encontrei alguns chavões que tratam da situação atual do nosso corrupto presidente: “Quem com ferro fere, com ferro será ferido”; “olho por olho, dente por dente”, ou ainda “quem com ferro mata, com ferro morre”. Eles se encaixam como uma luva no momento atual do Temeroso.

Todos lembram que, no ano passado, o então vice-presidente tramou, conjuntamente com sua gangue, a traição que levou ao fim o governo da presidente Dilma, eleita democraticamente. As manobras de bastidores de Temer eram realizadas sorrateiramente e durante vários meses de forma ardilosa nos porões do Palácio do Jaburu. O desfecho foi o golpe de 2016, com o beneplácito e apoio de partidos e políticos corruptos, da mídia e do Judiciário.

O filho de toda essa traição não poderia ser outro senão a nomeação de um bando de delatados e corruptos nos mais altos postos da nação. Com o passar dos dias, os objetivos do golpe se tornaram claros. Ele tinha como finalidade atender o grande capital no seu desejo de reduzir os avanços sociais e trabalhistas, vender nossas riquezas a preço de banana e estancar a sangria das investigações em curso pela Lava Jato.

Hoje, nem mesmo os coxinhas e patos ludibriados pela FIESP tem dúvida do que aconteceu no Brasil patrocinado pela mídia golpista, capitaneada pela Globo e pelos barões do capitalismo nacional e internacional. Todos tem consciência que se tratou de um golpe, jurídico, midiático e parlamentar. O resultado, como notório em todos os sentidos, não foi bom. Agora os golpistas trabalham para outro golpe, trocando seis por meia dúzia e tramando a ascensão de Rodrigo Maia, traindo Temer, o traidor de outrora.

Durante os meses de calvário do governo Temer na presidência, nem toda a sua pose de intelectual, sua empáfia “gerundiana”, sua auto-atribuída grandeza seguraram sua qualidade de corrupto, como demonstrado nas gravações de Joesley Batista. Digo também que dos pagos celestiais onde se encontra, Leonel Brizola está repetindo a sua frase: “a política ama a traição, mas abomina o traidor”.

O fim de Temer está muito próximo, ele já era. Agora os políticos e partidos progressistas, movimentos sociais, sindicatos e o povo desejam a volta da democracia com eleições diretas já. O nosso congresso, recheado de corruptos, delatados e réus em inúmeras instâncias do Judiciário, não tem legitimidade popular para eleger indiretamente o novo presidente.

A mesma corja que trabalhou para derrubar Dilma sonha com o que seriam as reformas anti-povo nas mãos agora de Rodrigo Maia, esquecem, entretanto, que a nossa população está em parte vacinada com o aumento extraordinário do desemprego, com as reformas na área da terceirização, com a venda de nossas riquezas e com todas as medidas contrárias aos setores sociais. Até mesmo os coxinhas de carteirinha hoje se alinham no rol dos arrependidos e não estão dispostos a apoiar um novo golpe.

Para concluir, transcrevo a letra da música “Vou festejar” de Jorge Aragão e que fez muito sucesso na voz da cantora Beth Carvalho. Já estou treinando para cantar quando do afastamento de Temer para responder ao processo no Supremo Tribunal Federal, à denúncia da Procuradoria Geral da Republica por crime de corrupção passiva. O que aqui se faz, aqui se paga. Fora Temer, Fora Maia e Diretas Já!

Chora, não vou ligar
Chegou a hora
Vais me pagar
Pode chorar, pode chorar
És o teu castigo
Brigou comigo
Sem ter por que
Vou festejar, vou festejar
O teu sofrer, o teu penar
Você pagou com traição
A quem sempre lhe deu a mão
Você pagou com traição
A quem sempre lhe deu a mão

Link para a música > https://www.youtube.com/watch?v=MVLbpSkGeHQ

Arruda Bastos é médico, professor universitário, escritor, radialista, ex-secretário da Saúde do Estado do Ceará e um dos coordenadores do Movimento Médicos pela Democracia.

Arruda Bastos
Médico, professor universitário dos cursos de Medicina e Enfermagem, especialista em Gestão em Saúde e Saúde Pública, escritor, radialista, ex-Secretário da Saúde do Estado do Ceará e coordenador do Movimento Médicos pela Democracia.
http://www.portalarrudabastos.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *