Home > Colunistas > Classe Política: Desculpem!! Saímos, apressados, de casa e esquecemos a ética

Classe Política: Desculpem!! Saímos, apressados, de casa e esquecemos a ética

Ética é um termo que tem sua etimologia derivada do grego ethos ( Modo de se comportar).
“ Sonegar impostos enquanto seu semelhante recolhe em dia sua dívida, cumprindo seu dever” é não ser ético.
Ética pode ser caracterizada em varias formas: Social, Profissional, Pessoal e etc. Mas, vou aqui me ater sobre a ética pessoal.
Segundo o filosofo Inglês, Thomas Robbes, o homem é mau, nasce mau e precisa ser lapidado para se tornar civilizado. Como a ética não é hereditária a mesma é formada durante a infância, pré-adolescência e segue com a evolução humana, catalisando referencias familiares, escolares, religiosas, sociais para a formação, enfim da “Ética Pessoal”, tema de meu escrito.
Causa-me espanto quando vejo pessoas que são, intelectualmente, capazes de seguirem o rito natural da evolução da espécie trazendo felicidade para se e para seus semelhantes, preferirem a patifaria e o domínio da conduta antiética para, talvez, se realizarem em suas características egoística e necessidades ante sociais.
Exemplifico uma classe que sua maioria envergonha um país que só quer evoluir como nação e levar seu povo ao êxito. Falo de nossos congressistas que faz algum tempo tanto nos têm decepcionado. Certos políticos, suas atitudes não socialmente convencionais, são resultado da evolução do homem, mas, que não seguiram um ritual de uma conduta positiva e desaguou no que nós conhecemos hoje.
No entanto podemos acreditar que, em muitos casos, estas atitudes são uma farsa constituída com fascismo pronto, situação que os interessam em suas peregrinações criminosas que é, evidentemente, antético. Sendo ético não posso relacionar um parlamentar do Partido Solidariedade Paraense que deu uma aula indelicadezas no CCJ da Câmara Federal. Muito me espanta, também, que na CCJ tenha lugar para manifestações tão fascista e funesta assim.
Isso me faz lembrar que na Política Brasileira sempre existiu, e agora com mais ênfase, governo ilegítimo, dirigente partidário que mente descaradamente, deputados que transportam dinheiro de propinas, funcionários públicos presos por corrupção, delação de quem devia ser denunciado e muito mais.
Sempre soube que “Ética” é ciência da conduta humana, recheada de bom senso, justiça social e serenidade capaz de nos levar ao estagio da felicidade.
Mas, vejo com tristeza que nossos políticos, a maioria, são venais, desprovidos de condução moral levando o Brasil a ficar com a pecha de um país desequilibrado e estar longe de ser ético.

Sérgio Cunha é Comentarista Político Simples e Objetivo

Sérgio Cunha
Radialista, escritor, membro da APCDEC (Associação da Crônica Esportiva do Estado do Ceará) e publicitário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *