Home > Colunistas > Régis Barros: A saudade é uma prova

Régis Barros: A saudade é uma prova

Ser saudade é viver percebendo que construiu. Ter saudade é a certeza de que foi bom. A vida anda. A vida muda. Caminhamos e, por isso, perdemos e deixamos de ter. O gosto do quero mais fica na boca. Às vezes, poderemos repetir, mas, muitas vezes não será possível. Momentos, situações e pessoas passam pela nossa vida e não voltarão para ela. Beijos, olhares, respirações e a presença farão muita falta. Isso é a saudade. Essa saudade, caso não seja contaminada de mesquinhez e domínio, provará que estamos vivo. Eu estou vivo. Tenho inúmeras saudades. Eu quero ser saudades. Eu acredito que todos nós precisamos ser. Saudade é um elogio à outrora. Saudade é um agradecimento ao pretérito.

Régis Eric Maia Barros

Régis Eric Maia Barros
Médico psiquiatra, Mestre e doutor em saúde mental pela FMRP-USP e membro do Movimento Médicos pela Democracia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *