Home > Colunistas > Régis Barros: Esquecer o passado

Régis Barros: Esquecer o passado

Muitos buscam isso. Exatamente, isso: esquecer aquilo que machucou e que marcou com furor. Para tal, a negação e a racionalização acabam sendo as armas utilizadas. Contudo, aquilo que, pertubadoramente, foi cravado na nossa linha histórica não pode ser simplesmente apagado. Só há uma forma de responder às cicatrizes dolorosas da vida – construindo vida. Só existe uma maneira de impedir o domínio das histórias que latejaram no pretérito – criando novas histórias. Somente novas histórias e um novo elo com a vida são capazes de aliviar um passado atormentador. Sem isso, o passado sempre estará presente. Sem isso, o passado dará as cartas da vida. E quando o passado manda no presente, o futuro sempre será obscuro. Para todos nós, essa é a lógica. Uma lógica pertubadora caso escolhamos o passado e as suas histórias.

Construa vida. Caminhe em novas história. Se assim você fizer, o passado não tomará conta de você.

Régis Eric Maia Barros

Régis Eric Maia Barros
Médico psiquiatra, Mestre e doutor em saúde mental pela FMRP-USP e membro do Movimento Médicos pela Democracia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *