Home > Colunistas > Sergio Cunha: Fugindo da Mediocridade

Sergio Cunha: Fugindo da Mediocridade

Superar é ser mais forte que todas as adversidades, é não desistir dos sonhos, é se desdobrar para não dar chanches a derrota, é estar pronto para saborear as glórias da vitória. Nossos corpos não nasceram para amargarem a dor do fracasso, ao contrário, eles vieram ao mundo para ser donos do mesmo, para saborear as guloseimas do êxito. Ninguém é obrigado a permanecer no círculo do fracasso e habitar na morada da miséria.

Podemos passar por diversas situações ou dificuldades, e ter de empenhar-se muito para alcançar certos objetivos e, ainda assim, morrermos na praia, mas se formos persistentes temos a possibilidade de sermos o que, realmente, temos guardados dentro de nós: A qualidade de ser vencedor..

Podemos nos deixar consumir pelo trabalho, perder noites de sono ou deixar de passar finais de semana com a família apenas por que temos extrema necessidade de conseguir recursos para mantermos uma vida digna ou amargarmos um período obscuro de desemprego.

Podemos assistir a injustiça bater à nossa porta e perceber, infelizmente, que em algumas ocasiões não há absolutamente nada a fazer.

Podemos chorar com o coração partido a perda da pessoa amada ou de um ente querido.

Podemos, por tanta coisa negativa que aconteça julgarmos que tudo sempre dar errado conosco e maldizemos nossa sorte.
Depois de tudo isto até podemos deixar passar pela cabeça a estúpida ideia de fazer uma grande besteira consigo mesmo, desde que seja exatamente assim: que tal ideia passe e nunca mais volte, por que a Vida é Superação!

Nós não nascemos andando, não nascemos falando, nem pensando tanta bobagem e o que não podemos em hipótese alguma é perdermos o ânimo, o espírito, e nossa capacidade de amar, de se superar e de viver!

Não é só a minha família que tem exemplos de superação, em todas as células familiares existem pessoas que de uma forma ou de outra se envolveram no processo de se superar e souberam ter êxito em suas caminhadas.
Pequenas atitudes do dia a dia ou grandes atitudes de uma década é, verdadeiramente, uma evolução rumo a qualidade de vida.

É difícil passar pela vida e ter êxito sem os efeitos de uma superação, se isso não acontecer é evidente que você vai sempre ser um ente comum, acostumado a mediocridade

Sérgio Cunha é um Comentarista Simples e objetivo
Sérgio Cunha
Radialista, escritor, membro da APCDEC (Associação da Crônica Esportiva do Estado do Ceará) e publicitário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *