Home > Destaque > Reajuste vai se limitar à inflação, diz Camilo

Reajuste vai se limitar à inflação, diz Camilo

O Governo do Estado estuda chegar ao percentual da inflação dos últimos 12 meses, que se encerra neste mês, no reajuste dos servidores do Ceará. A exceção é para os professores da rede estadual, que devem ter o salário reajustado acima do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Segundo última projeção do Boletim Focus, divulgado pelo Banco Central (BC), a inflação de 2017 deve fechar em 2,78%.

“Vou sentar nessa semana com os secretários da Fazenda (Mauro Filho) e do Planejamento (Maia Júnior), fazer um balanço das contas do Estado, e a gente anuncia qual vai ser o nosso reajuste para 2018. Eu estou estudando se eu pago a inflação. Acho que talvez os professores tenham crescimento real (acima do IPCA)”, disse Camilo Santana (PT), governador do Estado, em entrevista ontem, com exclusividade, ao O POVO, onde também fez participação ao vivo na Rádio O POVO/CBN.

Sobre o assunto
Governo criará entidade para gerir previdência complementar
União vai liberar R$ 673 mi para Linha Leste
Com exceção dos professores, o reajuste de 2018 vai voltar a utilizar apenas um índice. Isso porque, neste ano, o Estado encaminhou e a Assembleia Legislativa aprovou percentual de 6,9% para os servidores que ganham até o mínimo e de 2% para os que ganham acima do disto. Ainda em 2017, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros tiveram melhoria na remuneração, alcançando patamar médio dos demais militares do Nordeste. Já os professores conseguiram aumento de 7,64%.

Acontece que um percentual igual ao IPCA fica abaixo do esperado pelo Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Estadual do Ceará (Mova-se). Flávio Remo, coordenador-geral licenciado do Mova-se, diz que a expectativa dos servidores é de reajuste de 5%. “A inflação seria uma vergonha para ele, já que ele não deu nada nos últimos anos. A nossa expectativa é de 5%, mas a pedida foi de 20,22% para recuperar os últimos três anos que ele não deu nada”, afirmou.

Mas, segundo o governador do Estado, o anúncio do reajuste vai depender muito da inflação do fim do ano. “Não posso dar uma resposta agora, porque eu preciso ver os números e a perspectiva para 2018. Aí vamos avaliar se vai ser possível ou não a inflação”. A reunião com secretários será realizada ainda hoje. O Estado possui 64 mil servidores.

Salário de dezembro

Ontem, o governador anunciou pagamento do salário do mês de dezembro, debitado em janeiro, antecipado para o dia 30 deste mês. Com a segunda parcela do 13º salário e a folha de novembro, a injeção de dinheiro na economia cearense neste fim de ano gira em torno de R$ 2 bilhões.

Serviço

Hoje, quase 70% dos estados do País estão próximos ou já ultrapassaram os limites de gastos com pessoal.
14 estados e o Distrito Federal entraram no sinal amarelo, de alerta.
Rio Grande do Norte,Tocantins e Rio de Janeiro estão no sinal vermelho.
O Rio vem atrasando salários e até hoje não pagou o 13º de 2016.

Fonte: Jornal O Povo

pab

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *