Home > Destaque > Médicos pela Democracia da Bahia apoiam a chapa 02 para o Sindicato dos Médicos do Ceará

Médicos pela Democracia da Bahia apoiam a chapa 02 para o Sindicato dos Médicos do Ceará

O Movimento Médicos pela Democracia da Bahia dirige-se aos colegas médicos do Ceará para pedir o apoio à chapa 02 do SIMEC – Saúde, Trabalho e Luta, encabeçada pelo Dr. Jaime Benevides e a Dra. Terezinha do Menino Jesus.

A situação política vivida no Brasil hoje, com congelamento de verbas para a Saúde e Educação, redução orçamentária para a Ciência e Tecnologia e um ministro da saúde representante dos interesses privados na saúde, precisa ser confrontada por sindicato atuante na defesa do SUS e dos direitos dos Médicos.

A redução de verbas para a saúde impacta diretamente nas condições de trabalho dos médicos e na assistência aos pacientes. A terceirização da administração dos serviços públicos de saúde já existente, tende a aumentar precarizando ainda mais os vínculos de trabalho dos médicos e médicas e reduzindo os seus salários.

Não interessa aos médicos cearenses e brasileiros um sindicato com uma administração cartorial, baseada unicamente em trabalho de marketing e que se furta a se empenhar na luta diária pelos direitos dos médicos e pacientes e em defesa do SUS.

Um sindicado dos médicos deve atuar também com preocupação com os indicadores de saúde do povo brasileiro, analisando as necessidades de saúde objetivas e contribuindo para a melhoria de saúde do povo. Não nos interessa dirigentes que são favoráveis à privatização da saúde (inclusive elogiando escolas médicas que cobram para atender os pacientes nos ambulatórios), que enxergam influência comunista no Código de Ética Médica e apoiam candidato a presidência da República favorável à tortura, e que defende a desigualdade entre os gêneros e a homofobia.

Num esforço grande, a oposição ao SIMEC conseguiu construir uma chapa plural, com representação de várias especialidades e de posições políticas variadas e com disposição para travar as batalhas em pró de condições adequadas de trabalho das médicas e dos médicos de melhores serviços de saúde para todos e de preservação da democracia em nosso país, incluindo a garantia de eleições presidenciais sem fraude em 2018!

Conclamamos também aos colegas médicos cearenses para prestarem atenção nos casuísmos que podem ocorrer tentando afastar do pleito importantes colegas aliados da chapa 2.

O Movimento Médicos pela Democracia tem se tornado um movimento nacional com maior organização em alguns estados e por este motivo entende como importante para luta médica no Brasil uma mudança na direção que a última gestão deu ao SIMEC.

Saúde, Trabalho e Luta
VOTE CHAPA 2!

Salvador, 07 de dezembro de 2018
Médicos pela Democracia da Bahia

pab

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *