Home > Colunistas > Nota da Chapa 2 de Oposição Sindical – Saúde, Trabalho e Luta

Nota da Chapa 2 de Oposição Sindical – Saúde, Trabalho e Luta

Diretoria do SIMEC não fornece dados financeiros solicitados e impõe constrangimento ilegal ao Presidente da Chapa de Oposição Sindical

O que a atual Diretoria do SIMEC tem a esconder? Por que a banca de advogados do SIMEC exigiu que o Presidente da Chapa de Oposição Sindical, Dr. Jaime Benevides, assinasse um termo de sigilo e confidencialidade para que pudesse ter acesso a informações financeiras dos anos de 2015 a 2017, assim como planilha mensal de receitas e despesas do Sindicato, que deveriam ser públicas e estar disponibilizadas em Portal da Transparência?

O Estatuto Social do Sindicato prevê, em seu Art. 1°, que o SIMEC é instituição democrática que se norteará pela legalidade, impessoalidade, moralidade, eficiência, publicidade e transparência. Ademais, o Estatuto também prevê (Art. 123) que serão nulos de pleno direito todos os atos praticados com o objetivo de desvirtuar, impedir ou mudar a aplicação dos preceitos contidos no Estatuto e dos princípios democráticos. Portanto, o documento que visa impedir a divulgação de informações financeiras do Sindicato viola claramente os princípios da moralidade, publicidade e transparência impostos pelo Estatuto e pela legislação pátria.

Algo estranho está acontecendo nas hostes do Sindicato dos Médicos do Ceará

Nós, que compomos a Chapa 2 “Saúde, Trabalho e Luta”, de Oposição Sindical, queremos que a caixa preta das finanças do Sindicato seja aberta.

Se a atual Diretoria recebeu mais de R$ 3.000.000,00 (três milhões de reais) da Diretoria anterior, o que fez com este dinheiro?

O que se pode pensar de uma diretoria que ameaça o Presidente da Chapa de Oposição ao pagamento de multa estratosférica caso este publicize qualquer informação obtida sobre gastos do SIMEC? Será que estas informações são tão comprometedoras que tornaria o apoio da atual Diretoria à Chapa da Situação prejudicial e um estorvo?

Essa atitude levanta muitos questionamentos. O Estatuto Social do SIMEC prevê ainda a possibilidade de destituição de mandato da Diretoria por malversação e dilapidação do patrimônio social, sem prejuízo da responsabilização civil e criminal dos dirigentes.

No Brasil de hoje, que não suporta mais tanta corrupção e vantagens ilícitas, não há como admitir obscuridades desta natureza.

Queremos saber a verdade, é nosso direito saber, enquanto associados e cidadãos.

Diante deste constrangimento totalmente ilegal e arbitrário da atual Diretoria do Sindicato, a Chapa 2 não se calará e tomará todas as medidas administrativas e judiciais necessárias à garantia dos direitos dos associados que foram severamente feridos com esta tentativa de intimidação espúria e frustrada.

Mais uma vez, vê-se o caráter ditatorial da atual Diretoria que repetidamente vem tentando censurar médicos associados e membros da Chapa de Oposição Sindical.

Queremos registrar nosso total repúdio às ameaças da atual Diretoria do SIMEC ao candidato a Presidente pela Chapa de Oposição Sindical.

Quem não deve, não teme!

Fortaleza, 11 de janeiro de 2018

Chapa 2 de Oposição Sindical “Saúde, Trabalho e Luta”

pab

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *