Home > Blog > A revelação do “bebê menino”, meu novo netinho. Por Arruda Bastos

A revelação do “bebê menino”, meu novo netinho. Por Arruda Bastos

No tempo dos meus pais, só se sabia o sexo dos filhos quando eles nasciam e foi assim que tomaram conhecimento do meu e da minha irmã gêmea: uma surpresa geral. O sexo dos meus filhos, tivemos oportunidade de descobrir através de exames de ultrassonografia, por volta da 16ª semana de gestação. Modernamente, o sexo dos meus netos é revelado logo no início da gestação, com um exame laboratorial.

Nesta semana, eu e minha querida esposa, Marcilia, fomos convidados por nossa filha Lívia e nosso genro Evalto para uma outra novidade dessa época em que tudo é transformado em festa: o Chá de Revelação do sexo do meu novo netinho. Seria Lucca ou Lara? Essa expectativa perdurou por sete dias, pois minha filha caçula, Lilia, guardou a sete chaves o segredo do resultado do exame.

O dia chegou, finalmente. Tudo pronto, decorado de azul e rosa, um clima de final de copa do mundo. Minha nora, Laís, com seu dom da comunicação, comandou a animação, decoração e brincadeiras que, juntas, foram responsáveis pela aceleração dos batimentos cardíacos dos pais, dos amigos e de toda a família por mais de duas horas.

No canto da sala, todo imponente, estava o grande balão de gás de cor preta e com muitas interrogações pintadas na sua parede. Internamente, guardava pequenos pedaços de papel com a cor associada ao sexo do bebê. A noite foi passando e todos só pensávamos no Lucca e na Lara. Os outros avós, Evalto e Maria, em seu semblante, demonstravam toda a sua ansiedade como marinheiros de primeira viagem.

Desde que tomamos conhecimento da gravidez da Lívia, nossas orações são voltadas para pedir ao nosso amado Deus uma gestação tranquila, sem anormalidades e que nosso netinho, independente do sexo, venha ao mundo com perfeita saúde, para a alegria de todos. Entretanto, na sala, começamos a observar que meu netinho, Levi, de três anos e minha netinha, Letícia, de cinco, passaram como de repente a comandar suas torcidas pelos seus sexos.

Depois de muita palpitação, o impávido balão revelaria, em poucos segundos, para todos o sexo do bebê. Com a tradicional contagem regressiva, “cinco, quatro, três, dois, um”, a interrogação foi respondida e pela sala explodiu o balão liberando papeis azuis que se espalharam pelo ar. A vibração foi geral, pois a ansiedade já era grande. Muitos abraços, choro dos avós e dos pais, emoção dos tios, amigos e uma vibração especial do meu netinho, Levi, que, sem ninguém esperar, veio aos gritos com a pérola da noite: “é um bebê menino!”, falando para sua mãe, minha filha Lia.

Meus leitores devem estar a perguntar se a Letícia, que estava torcendo por uma menininha, ficou triste e desanimada com a revelação. Respondo que não, pois logo depois estavam os dois irmãos agarrados gritando em coro “bebê menino, bebê menino”. O que eles desejam, como todos, é que Lucca venha com saúde para compartilhar, em breve, as suas brincadeiras e estripulias.

Para a posteridade, meu genro Raul documentou tudinho, e a presença na revelação dos queridos casais amigos, Pedro e Ana, Beto e Isabel, Alencar e Kátia, deram um brilho especial. De longe só mesmo meu filho, Bruno, e genro, Gerardo, que estavam de plantão. Fiz questão de citar todos os presentes para que meu netinho, Lucca, daqui a muitas décadas, possa sentir no peito o quanto de amor estava presente no dia da sua revelação.

Como já escrevi em outra crônica, netos são um presente de Deus, não é mesmo?

Arruda Bastos é médico, professor universitário, membro da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores e um avô apaixonado pela sua família.

1- https://youtu.be/gb832ZDxMOE >> Letícia torcendo por Lara
2- https://youtu.be/bXPMpNc22yc >> Levi satisfeito com Lucca

Arruda Bastos
Médico, professor universitário dos cursos de Medicina e Enfermagem, especialista em Gestão em Saúde e Saúde Pública, escritor, radialista, ex-Secretário da Saúde do Estado do Ceará e coordenador do Movimento Médicos pela Democracia.
http://www.portalarrudabastos.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *