Home > Notícias > Floresta e Fortaleza farão partida no PV

Floresta e Fortaleza farão partida no PV

Após uma tarde inteira de reuniões e debates na tarde de ontem, tanto no Ministério Público Estadual (MP-CE) quanto na Federação Cearense de Futebol (FCF), a diretoria do Floresta cedeu e o jogo da volta nas semifinais contra o Fortaleza será realizado no Estádio Presidente Vargas.

A praça esportiva era a única disponível na capital cearense que atendia recomendação da Polícia Militar de ter capacidade mínima para dez mil torcedores.

A decisão de abrir mão da “queda de braço” partiu do investidor do Floresta, Sandro Teixeira, segundo o diretor de futebol do clube, Kléber Lavor, que justificou: “Entramos num consenso, pois vimos a situação da federação e a segurança dos torcedores de Floresta e Fortaleza”. A ideia original do Floresta, no entanto, era jogar no Domingão, em Horizonte, mas essa possibilidade foi vetada em reunião no MP, já que o Corpo de Bombeiros não alterou a data de vencimento do laudo que emite para o estádio — perde validade no sábado — e a Polícia Militar manteve a recomendação de capacidade mínima. Com o veto ao Domingão, o Floresta solicitou formalmente mudança do jogo para o Romeirão, em Juazeiro do Norte, mas o artigo 13 do Regulamento Geral das Competições proíbe a mudança de sede de uma equipe, a não ser por impedimento jurídico ou técnico. Como o Floresta é um clube sediado em Fortaleza, não poderia utilizar um estádio do Cariri para mandar seus jogos.

O POVO questionou o diretor de competições da FCF, Júlio Manso, sobre por que não apenas o Floresta, mas outras equipes da Capital, como Uniclinic e Tiradentes, por exemplo, puderam atuar no Domingão mesmo com o impedimento do regulamento. A entidade respondeu que a entidade entende estádios da Região Metropolitana de Fortaleza como de uma única sede, devido à quantidade deles ser menor que a de times na mesma região.

““Prevaleceu o bom senso, a preservação da integridade física do torcedor e a segurança pública”, comentou o vice-presidente do Fortaleza, Marcello Desidério.

O Floresta será o responsável por toda a logística da partida e ficará com toda a renda. Os preços dos ingressos estão definidos, mas os bilhetes só vão estar à venda após a reunião para discutir o plano de ação do jogo, que acontece na tarde de hoje. Os valores variam entre R$ 40 para a arquibancada e R$ 120 para as cadeiras sociais, ambos os setores com meia entrada.

Fonte: O POVO

pab

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *