Home > Blog > Meu netinho Levi e seus amigos dinossauros. Por Arruda Bastos

Meu netinho Levi e seus amigos dinossauros. Por Arruda Bastos

Falar dos meus netinhos sempre é uma alegria e hoje, quando recebi da minha querida filha Lia o convite para o aniversário de quatro anos do Levi, que tem como mote “Os dinossauros estão voltando”, fiquei ainda mais animado para escrever acerca dos meus queridos pimpolhos.

No meu tempo de criança, as brincadeiras eram de rua, jogar bola, chicote queimado, macaca, esconde-esconde, pega-pega, bila, pião, carimba, soltar arraia e puxar carrinhos de madeira vendidos na feira de Baturité e confeccionados com muito carinho pelo seu Antônio, um exímio fabricante de brinquedos da região.

O tempo passou. Hoje, as brincadeiras não são as mesmas, e, até para os mais jovens, as citadas anteriormente podem soar desconhecidas. Com o Levi e a Letícia, meus dois netinhos, não é diferente. Na atualidade, com a internet, com os smartphones, com os tablets e com os jogos eletrônicos, o espaço para brincadeiras sem tecnologia já não é tão atrativo.

Meu intrépido netinho, Levi, também adora brincar com tecnologia, além de ensaiar algumas jogadas como principiante no futebol em seu colégio e nas artes marciais, como praticante de karatê. Como a maioria dos meninos da sua idade, tem também uma vasta coleção de carrinhos e de super-heróis da Marvel.

Entretanto, os seus brinquedos preferidos são os dinossauros, de todos os tamanhos e tipos. Logo, não é de se estranhar que seus pais utilizem como tema da sua festinha de aniversário que “Os dinossauros estão voltando”. Levi tem um vivo interesse por eles e possui um incrível conhecimento, a ponto de nomear muitas espécies, sua forma de alimentação e seu modo de vida.

Aqui em casa, quando ele vem dormir, não dispensa a presença de um dinossauro na sua cama. Na psicologia infantil, esse grande apego está relacionado aos “interesses intensos”, que é uma motivação em relação a um tópico específico e comumente nas crianças, eles surgem entre os 2 e 6 anos de idade.

Levi é um menino muito esperto, inteligente, carinhoso e disposto a cuidar dos “dodóis” da família. Sempre que ele observa algum machucadinho, mesmo que seja uma picada de um inseto, vem logo perguntando o que aconteceu e, com sua mãozinha, passa a acariciar o local, massageando e curando na hora, como um milagre.

Mas, voltando aos dinossauros, lembro que há algumas semanas Levi, com seu Tyrannosaurus Rex na mão, deu uma verdadeira aula de paleontologia. Ele disse que seu dinossauro era o mais famoso de todos, que tinha aproximadamente 5 metros de altura e 13 de comprimento, que era carnívoro e um grande caçador. Não sei mesmo como ele aprendeu tudo isso.

Levi tem uma coleção de dinossauros maior do que os astros pré-históricos da série cinematográfica Jurassic Park, e sei que agora, com a festinha do seu aniversário, ela vai crescer ainda mais. Serão muitos Velociraptors, Triceratops, Braquiossauros, Apatosaurus, T-Rex e inúmeros outros, para alegria do meu netinho, que, com seu conhecimento, é atualmente quase um Spielberg. Imagino como não vai ficar minha casa quando meu novo netinho, Lucca, chegar em agosto próximo.

Para concluir, tenho conhecimento de uma pesquisa recente com a conclusão de que crianças apaixonadas por dinossauros possuem uma inteligência mais desenvolvida. O fundamental, porém, é que, independente da predileção da criança, os pais, avós, tios e responsáveis procurem viver o mundo infantil, sentem no chão para brincar com eles, dediquem tempo, muito amor e carinho para os pequenos, pois só assim eles crescerão seguros e saudáveis de corpo e de mente.

Arruda Bastos é médico, professor universitário, membro da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores e um avô apaixonado pelos seus netinhos.

Arruda Bastos
Médico, professor universitário dos cursos de Medicina e Enfermagem, especialista em Gestão em Saúde e Saúde Pública, escritor, radialista, ex-Secretário da Saúde do Estado do Ceará e coordenador do Movimento Médicos pela Democracia.
http://www.portalarrudabastos.com.br

One thought on “Meu netinho Levi e seus amigos dinossauros. Por Arruda Bastos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *