Home > Saúde > Hapvida: oferta de ações no Brasil e nos EUA

Hapvida: oferta de ações no Brasil e nos EUA

O Hapvida Participações e Investimentos S.A. inicia hoje sua entrada na bolsa de valores. Antes do lançamento do IPO (sigla em inglês para oferta pública de ações) haverá evento na B3 (Bolsa de Valores do Brasil), que deve ocorrer às nove horas, para comemorar as negociações no Novo Mercado.

O lançamento do IPO ocorre em conjunto com o Bank of America Merrill Lynch Banco Múltiplo S.A. (agente estabilizador), o Banco BTG Pactual S.A. (coordenador líder) e o Goldman Sachs do Brasil Banco Múltiplo S.A. (em conjunto com o agente estabilizador e o coordenador líder como coordenadores da oferta).

Será realizado uma oferta pública de distribuição primária e secundária de ações ordinárias, nominativas, escriturais e sem valor nominal, de emissão da Companhia. O lançamento dos títulos da empresa no exterior compreenderá a distribuição primária de, inicialmente, 93,9 milhões de emissão (oferta primária) e a distribuição secundária de 28,5 milhões de ações de emissão da companhia e de titularidade do acionista vendedor.

Nos Estados Unidos, a oferta será exclusivamente para investidores institucionais qualificados.

Balanço

PONTOS FORTES E RISCOS

No prospecto encaminhado à Comissão de Valores Mobiliários, o Hapvida faz uma apresentação dos seus pontos fortes e dos riscos apontados para os investidores. Entre os pontos fortes está a expansão geográfica da operadora de saúde, através de aquisições estratégicas, com a formação de uma rede própria de atendimento.

Entre os riscos estão o rebaixamento da nota do Brasil e problemas envolvendo os planos de saúde em função de ações na justiça.

Crescimento orgânico 1

PLANOS COM ABERTURA DE CAPITAL

A direção do Hapvida, em documento encaminhado à CVM, destaca as suas pretensões de crescimento. Em 2017, a companhia foi a que mais elevou sua participação de mercado, obtendo ganhos de 2,4 pontos percentuais na região Nordeste e de 1,5 ponto percentual na região Norte.

Com a injeção de recursos (a expectativa é de R$ 3 bilhões), são previstas oportunidades de iniciar a atuação da empresa em cidades das regiões Norte e Nordeste nas quais ainda não há atendimento pelo Hapvida. Foram identificadas microrregiões espalhadas por diversos estados, com possibilidades de desenvolvimento das atividades do plano.

Essas regiões possuem mais de 300 mil habitantes cada, além de potencial econômico no mercado de saúde suplementar.

Crescimento orgânico 2

POSSIBILIDADE DE NOVAS AQUISIÇÕES

Outra aposta do Hapvida é nas regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste do país, que, em conjunto, contam com aproximadamente 39 milhões de beneficiários em um mercado considerado fragmentado e com potencial de consolidação.

Nesse setor, há possibilidades de aquisições de empresas verticalizadas, de carteiras de clientes e de infraestrutura de atendimento.

A empresa continua buscando potenciais alvos estratégicos e suas aquisições têm foco em áreas com altas concentrações de beneficiários, mas onde a oferta de serviços da sua rede própria é restrita.

pab

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *