Home > Notícias > Movimento Médicos pela Democracia repudia decisão da juíza Carolina Lebbos

Movimento Médicos pela Democracia repudia decisão da juíza Carolina Lebbos

Nós, Médicos pela Democracia do Ceará, expressamos o mais veemente repúdio à decisão da juiza Carolina Lebbos de proibir que os colegas médicos Rui de Oliveira e Darley Rugeri examinassem o ex-presidente Lula, prisioneiro politico do judiciário. Esta é uma atitude desumana, mesquinha e cruel desta juiza, pois o cidadão Luis Inácio Lula da Silva tem 72 anos, já fez uso de quimioterapia após um cancer de laringe, está prisioneiro em regime de semi-confinamento e tem o direito sagrado e constitucional de ter acesso a cuidados de saúde com médicos de sua confiança. Impedir os colegas médicos de verem e examinarem seu cliente e amigo é cercear o seu direito de exercer seu oficio e avaliar as condições de saúde de Lula, como forma de prevenir possiveis agravos e protegê-lo de potenciais riscos. A juiza Lebbos, que é submissa a Moro, o algoz de Lula, está contaminada por ódio, preconceito e intolerância e seu espirito não consegue alcançar e compreender o significado real das atitudes de compaixão, cuidado e fraternidade, que são a expressão da medicina humanitária.

TODO APOIO AOS COLEGAS MÉDICOS RUI OLIVEIRA E DARLEY RUGERI!

MÉDICOS PELA DEMOCRACIA-CE

pab

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *