Home > Notícias > Com gol mal anulado, Fortaleza fica no empate com o Figueirense e vê vantagem diminuir

Com gol mal anulado, Fortaleza fica no empate com o Figueirense e vê vantagem diminuir

O Fortaleza não conseguiu superar o Figueirense e ficou no empate de 2 a 2, na noite desta terça-feira, 4, no Castelão. Com o resultado, o líder Tricolor viu a diferença para o vice-líder diminuir de seis para quatro pontos e para o 5º colocado de 11 para a sete. O clube do Pici saiu prejudicado ao ter um gol mal anulado. 

O Leão esteve duas vezes à frente no placar, mas não foi eficiente no sistema defensivo para segurar o triunfo. No 1º tempo, Felipe abriu o placar. Pouco tempo depois, o Figueira empatou com gol do zagueiro Nogueira. Na 2ª etapa, Dodô colocou o Fortaleza na vantagem após cobrança de falta. Entretanto, o centroavante Elton, ex-Ceará, deixou tudo igual.

A rodada não ajudou a equipe do Pici. Os adversários diretos do Tricolor na parte de cima venceram: CSA (2º – 43 pontos), Goiás (3º – 42 pontos), Avaí (42 pontos) e Atlético-GO (5º – 40 pontos). Já o Figueirense manteve a 6ª posição somando mais um ponto.

O time comandado por Rogério Ceni volta a campo no próximo sábado, 8, contra outro catarinense: o Criciúma, no Heriberto Hulse. O Figueira enfrenta o CSA, no mesmo dia, no Alfredo Jaconi.

Os selecionados de Rogério Ceni iniciaram a partida na pressão, embalados pelos torcedores presentes no Castelão. Enquanto o Tricolor tinha a proposta de controlar o jogo com a maior posse de bola, o Figueira esperava o adversário no campo defensivo para sair em velocidade no contra-ataque e buscava o jogo aéreo. Com mais volume nas jogadas ofensivas, o Leão explorava Marcinho pelo lado esquerdo, que dava trabalho aos defensores dos catarinenses.

O camisa 7 só era parado com falta. Numa delas saiu o gol de Felipe em jogada ensaiada, aos 23 minutos. Mas não deu nem tempo de comemorar porque o zagueiro do Alvinegro, Nogueira, empatou de cabeça após escanteio, aos 28 minutos.

O Figueirense quase amplia com Ferrareis após bobeada de Adalberto, mas Marcelo Boeck salvou o time. O panorama da partida seguiu o mesmo, com o Fortaleza tendo a posse de bola e o Furacão explorando os contragolpes. Aos 34 minutos, Jean Patrick acertou um chutaço de fora da área, Denis deu rebote e Dodô marcou, porém o árbitro apitou o impedimento depois que o bandeirinha assinalou a irregularidade de forma equivocada. O meia do Leão estava completamente em condição legal.

Na etapa final do jogo, Rogério Ceni deixou o Fortaleza ainda mais ofensivo com a entrada de Romarinho no lugar de Jean Patrick. Desta forma, o Leão encurralou o adversário no campo de defesa. Marcinho seguiu buscando jogadas rápidas e foi derrubado na entrada da área do Figueira, e o árbitro marcou a falta. Aos 10 minutos, Dodô cobrou direto, a bola bateu na trave e tocou nas costas do zagueiro Matheus Sales, acabando no fundo das redes.

Mesmo após voltar a ficar atrás no placar, o Figueira não mudou a postura. O time de Florianópolis continuou apostando no contra-ataque e na bola aérea. Aos 19 minutos, Cleberson quase marca de cabeça. Na sequência, aos 21 minutos, o centroavante Elton empatou ao completar o cruzamento rasteiro para o fundo das redes, dando números finais ao duelo.

Depois do empate, o Fortaleza seguiu pressionando até o final, mas não conseguiu empatar. Aos 31 minutos e aos 47 minutos, Marcinho teve a chance de dar a vitória para o Tricolor, porém desperdiçou.

 

pab

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *