Home > Márcio Bastos

Crítica: Depois Daquela Montanha. Por Márcio Bastos

Você tá com muita vontade encarar um lanche daqueles de lamber os beiço. Aí decide ir naquela hamburgueria gourmet que sabe que nunca falha. O pedido chega direitinho mas quando experimenta percebe que tem algo errado. Os ingredientes que você ama estão ali, mas tá faltando o molho especial. Sanduíches à

Leia Mais

Crítica: Terra Selvagem. Por Márcio Bastos

Como roteirista de Sicário: Terra de Ninguém (indicado a três Oscars), Taylor Sheridan começou a chamar dicumforça a atenção de Hollywood. No ano seguinte, continuou fazendo zoada com A Qualquer Custo (onde recebeu sua primeira indicação à estatueta) e o prestígio adquirido permitiu ao amiguinho Sheridan fazer escolhas ainda mais

Leia Mais

Crítica: Blade Runner 2049. Por Márcio Bastos

O que define um ser humano? Se um ser desenvolve a capacidade de acumular memórias e exprimir emoções, ele não pode ser considerado humano? Trazendo nas suas entrelinhas questionamentos extremamente filosóficos e existenciais – extraídos da obra ANDROIDES SONHAM COM OVELHAS ELÉTRICAS?, de Philip K. Dick –, o cultuado BLADE

Leia Mais

Crítica: Homem-Aranha: De Volta ao Lar. Por Márcio Bastos

Depois de algumas tentativas frustradas de emplacar algo na telona à altura do personagem – as últimas investidas foram bem MARROMENO –, o cabeça de teia finalmente tem o filme que merece. Sem medo de errar, HOMEM-ARANHA: DE VOLTA AO LAR é tudo o que seus fãs queriam ver nas

Leia Mais

Crítica: Corra! Por Márcio Bastos

O preconceito racial infelizmente ainda é muito forte na sociedade. Não amadurecemos suficientemente como seres humanos para entender que é uma enorme ignorância ver o outro como diferente. Em cartaz nos cinemas, CORRA! reforça a crítica ao preconceito. Atraindo ainda a atenção de todos que curtem um bom filme de

Leia Mais

Crítica: 13 Reasons Why. Por Márcio Bastos

Relutei um pouco em escrever sobre 13 REASONS WHY – ou, se preferir, Os 13 Porquês –, a nova série da Netflix baseada no livro do norte-americano Jay Asher. Em um momento de nossa existência onde tudo parece ser polarizado, confesso que queria fugir de todas essas polêmicas que ela

Leia Mais

Crítica: Logan. Por Márcio Bastos

O ano 2000 foi um divisor de águas para os filmes de super-herói. Nele, o diretor Bryan Singer lançou o primeiro X-MEN, uma máquina furadeira que alçou Hugh Jackman ao estrelado e abriu caminho para um tipo de filme que até então nunca tinha emplacado nos cinemas. Dezessete anos depois,

Leia Mais

Crítica: Até o Último Homem. Por Márcio Bastos

Mel Gibson quer o seu perdão. Desde 2010, o astro foi afastado das grandes produções por revelar um lado antissemita, racista e machista que o público não conhecia. O ator e diretor, que já tinha alcançado o céu hollywoodiano com seu filme CORAÇÃO VALENTE, vinha atuando em produções menores até

Leia Mais